Encontre artigos, Publique artigos e Use artigos gratuitos em seu site!

GOSTA DE ESCREVER? CLIQUE AQUI E SEJA UM(A) ESCRITOR(A) DO NOSSO BLOG

Receber atualizações?

Receber atualizações?

Top mensal

Pos. Autor Artigos
1 º ADRIANO 5 artigos

Top anual

Pos. Autor Artigos
1 º ADRIANO 5 artigos
2 º CLAUDIO 5 artigos
3 º FABRICIO 4 artigos
4 º J.Z.MAGAZINE 3 artigos
5 º JOAO 1 artigos
6 º JOAO 1 artigos

Top geral

Pos. Autor Artigos
1 º RAIMUNDO 2808 artigos
2 º IZAIAS 1991 artigos
3 º ROBERTO 1020 artigos
4 º EVANDRO 830 artigos
5 º TELMO 619 artigos
6 º ANA 498 artigos
7 º KAIO 284 artigos
8 º TAISLAINE 267 artigos
9 º LEITURA 223 artigos
10 º CARLOS 210 artigos

Receber atualizações?

 

Procurar artigos

Encontre artigos para ler ou usar no seu site. Use a busca avançada.
 

Publicar artigos

Publique artigos com suas ideias e aumente a quantidade dos seus pontos e projetos online.
 

Cadastre-se grátis

O cadastro é rápido e gratuito! Comece a publicar seus artigos hoje mesmo!
PUBLICIDADE

Curtir a vitória é fácil, o difícil, é enfrentar a derrota e continuar de pé, dia após dia.

PUBLICIDADE

Curtir a vitória é fácil, o difícil, é enfrentar a derrota e continuar de pé, dia após dia.

Os últimos 3 anos, foram os melhores anos de minha vida pessoal e profissional.

Não tenho dúvidas, que estes resultados, só foram possíveis porque além de um time capaz, integrado e dedicado, foram muitas horas, semanas, e ano após ano, investindo consistentemente na essência do negócio.

Nos últimos anos, tenho reparado, no alto nível de negatividade que assola o nosso país. Isso me assusta. As pessoas, estão se unindo para reclamar, para chorar, para enfim desacreditar. Eu me pergunto, aonde esta energia negativa, com pensamentos de derrota, podem levar o ser humano?

Com certeza ao fracasso.

Na outra ponta, como se não bastasse, aqueles que pensam constantemente de forma negativa, disseminam a negatividade aos seus próximos. Repare, quando alguém está falando mal de alguém, de alguma empresa, do governo, como outras pessoas se juntam para ?inflamar?. O que elas ganham com isso? No meio disso tudo, algo que também cresceu, em meio a esta ?onda? negativa, é a condição de culpar os outros pelos seus próprios fracassos.

Em um país com sérios problemas de infraestrutura, política paternalista, falta de capacitação, cultura de que tudo é fácil, somados a esta negatividade permanente, poderão juntos gerar, somente uma derrota permanente.

A vida é um luta diária, e todos nós teremos bons e maus momentos.

A partir do dia em que nascemos, assumimos riscos que se tornam crescentes a cada dia. Em um mundo com mais de 7 bilhões de pessoas, aonde 1% destas detém mais de 50% de toda a riqueza, e mais de ¼ da população não tem água para beber, só nos resta lutar e acreditar.

Seja como funcionário, ou como empresário, minha sugestão é, Lute! Tenha fé, e una-se com aqueles que tem a fé e o amor no coração.

Falar mal dos outros, ser negativo, não ter fé, trair, agredir os seus semelhantes, é algo comum, e fácil, talvez por isso seja comum e crescente.

Tudo que é mais difícil, tem se tornado mais raro. Prefira sempre o mais difícil. Diz aquele velho ditado, ? o que vem fácil, vai fácil?.

Não se deixe abalar, por traições, mentiras ou desforras. Acredite, todos nós teremos problemas, e eles são bons, porque com eles podemos melhorar.

Já tive funcionários, que até a minha assinatura falsificaram, já fui roubado, enganado por pessoas muito próximas, e até por familiares, tive problemas de saúde, já fui obcecado pelo trabalho.

O tempo me mostrou que tudo isso, era um privilégio, pois pude viver, errar, e aprender com isso, ainda muito cedo, antes mesmo dos 30 anos.

Em 2013, tive o pior ano de minha vida em todos os sentidos. Apostei em negócios que não prosperaram, investi e acreditei em pessoas que não retribuíram, tive dois funcionários que roubaram e fraudaram duas de minhas empresas, e para completar fui lesado por pessoas de minha intimidade.

Mas quando olho de forma racional para trás, percebo que a culpa foi minha.

Eu errei ao investir em algo que não deu certo, eu errei em avalizar a entrada de pessoas que roubaram a minha empresa, eu errei ao apostar em pessoas que pensavam de forma individual em uma empresa aonde o progresso ocorre de forma coletiva, eu errei ao permitir que as minhas emoções falhassem com pessoas que mantinha algum sentimento??????.

Mas nada disso, me fez deixar de acreditar. Continuo a acreditar nas pessoas, nas empresas, no progresso.

Quando olho para trás, me sinto abençoado, porque puder acertar, errar e aprender. A vida é uma jornada, que promove um aprendizado diário, isto é, para aqueles que se permitem a entender e a aceitar.

Ao longo dos últimos 20 anos de minha jornada profissional, quando faço uma análise, vejo seis anos de estabilidade, cinco anos de construção, oito anos de crescimento constante, e um ano de prejuízos. Ganhei em 19 perdi em 1.

Quando somos empresários, quando somos empreendedores, devemos estar prontos para perder e para ganhar. Se você não está pronto para derrotas, esqueça, arrume um emprego, e vá ser funcionário de alguém. Empreender, é muito mais do que ganhar ou perder. Empreender, é acreditar, é investir dia após dia, seu tempo, seu dinheiro e tudo o que puder. Você vai descobrir, que Empreender também é muitas vezes ficar sozinho.

Gente para torcer contra você sempre vai existir, e acredite, quando isso aumentar, é porque você está no caminho certo. Afinal ninguém chuta cachorro morto. Imagine você, em um mundo aonde o tempo é escasso, e as crises econômicas são uma certeza, uma pessoa qualquer, parar o que estiver fazendo, e dedicar o tempo dela para criticar ou torcer contra você, pode ter certeza, que além de invejá-lo, ela jamais conseguirá ser você, e o máximo que restou para esta, é falar mal de você, no fundo essa pessoa queria ser você.

Uma vez no passado, quando ainda trabalhava de forma informal, ao resmungar em uma mesa de reuniões por conta de um negócio que não havia dado certo, um sábio empresário que na mesa estava, me disse ? ?o seu conhecimento é o seu capital?.

Ele estava certo.

Quem está á frente produzindo, criando, acreditando, conquistando, vai obter resultados, e não terá tempo para ?fofocar? ou ?denegrir? outros.

Com o tempo, você vai perceber que os bons profissionais, olham para frente, e pensam para frente, foco 100% no progresso do negócio.

As pessoas comuns são diferentes, são aquelas que buscam subterfúgios para justificar os seus fracassos. São aquelas que tem sempre uma desculpa para justificar o motivo pelo qual o negócio ou a ação não prosperou. Minha sugestão é, fique longe destas.

Lembre-se do menos é mais. É melhor ter um único profissional de ponta ao seu lado, que cria na crise, e soma, do que uma dúzia que reclamam, que resmungam, que criam dificuldades a todo instante e não aceitam procedimentos.

É fato que em meio a uma grande crise, podemos aprender e muitas vezes teremos de mudar estratégias. Seja flexível, mas tenha as suas regras, não queira reinventar a roda.

O início de um novo ano começou. Promete ser um ano mágico. Nunca em minha vida profissional tive tanta atividade no mês de janeiro.

O mundo está mais competitivo, mais duro, apenas os mais fortes e preparados sobreviverão.

Os insumos, estão cada vez mais escassos. Explore ao máximo a sua capacidade.

Para mim, o homem vencedor de agora, não é aquele que levanta para trabalhar pensando apenas em conquistar, mas é aquele que levanta todos os dias e está pronto para apanhar. Apanhar diariamente, e levantar todos os dias novamente, com a mesma energia que o faria conquistar. Saber apanhar e continuar pronto e de pé, fará toda a diferença entre o sucesso e o fracasso.

O sucesso pode não acontecer. Mas a surra de todos os dias é certa. Portanto, esteja pronto para apanhar e se levantar, pois quando houver uma pequena brecha, você também estará pronto para vencer e permanecer por mais tempo no topo.

Tenha com você pessoas também determinadas, e dispostas a apanhar.

Curtir a vitória é fácil, o difícil, é enfrentar a derrota e continuar de pé, dia após dia.

Claudio Marcellini

Criado em: 11/09/2019 12:16:11.

Sobre o autor

Cláudio Marcellini, passou parte de sua infância em Santos, aonde se apaixonou pelo mar, e ali aprendeu a pescar, surfar, velejar.

Realizou na infância um curso de taxidermia e outros sobre conchas e crustáceos.

Nos anos 80, morou em Miami, Flórida, onde se aprimorou na pesca esportiva.

Iniciou nos negócios de maneira informal, vendendo bugigangas no colégio.

Ao final da adolescência, estava em São Paulo. Foi morar sozinho aos 17 anos, cursou Administração de Empresas e Hotelaria na FAAP, cursou Análise de Investimentos na Bovespa.

Montou um estacionamento informal, varal de camisetas em estádios de futebol, até abrir a sua primeira empresa no ramo de distribuição e importação de produtos dos mais diversos.

Entre erros e acertos, o mundo da tecnologia da informação bateu a sua porta.

Com a TI, enveredou-se pelo mundo da inclusão digital e do comércio eletrônico, especializando-se, e constituindo em 2001, uma das primeiras e principais empresas do setor de Inclusão Digital com serviços para empresas, órgãos públicos e gestora de 2 mil lojas virtuais.

Em 2006, iniciou uma jornada social como professor voluntário pelo Brasil afora, realizando seminários e palestras em parceria com 52 instituições.Tornou-se escritor, publicando 3 livros, todos com royalties revertidos para instituições sociais, e disponíveis nas principais livrarias, como Amazon, Saraiva, Wibook.

O livro ?Frankia Virtual Multiplicando Possibilidades?, foi o primeiro em 2008, além da versão em português, o livro possui versões em inglês e espanhol.

No ano de 2010, iniciou-se a internacionalização da empresa de Inclusão Digital (FrankiaVirtual.com), gerando oportunidades e intercâmbios para clientes e colaboradores. Ainda em 2010, Marcellini, inaugurou a primeira empresa anti-chargeback e seguro para compras online em sites internacionais.

Ingressou no campo de Assunções Empresariais, adquirindo débitos de empresas, e empresas em dificuldade.

Em 2016, o livro ?Empreender & Aprender com a Internet? foi publicado, seguido pelo livro ?Desafios de um Empreendedor?, publicado em 2017.

Outros negócios surgiram, e em 2017 podiam ser observadas, em sites de busca na internet, mais de 5000 publicações, entre artigos, entrevistas(em rádio e televisão), documentários.

Cerca de 300 artigos publicados nos mais diferentes veículos de comunicação, apresentando as mais diferentes possibilidades para o uso da internet de forma adequada, como canal de pesquisa, inclusão social, desenvolvimento, geração de valor, dentre outros.

Administrador de empresas por formação, professor, consultor, pesquisador, escritor, empreendedor, comentarista, especialista em inclusão digital.

              
PUBLICIDADE

Leia também:

Artigos recentes

Ciclone extratropical pode trazer ventania e temporais para a região Sul do Brasil

Governo publica MP para evitar aumento da conta de luz do Norte e Nordeste

Covid-19: anti-inflamatório reduz mortalidade, diz estudo da OMS

Após testar positivo para covid-19, Neymar se manisfesta nas redes sociais: 'Estamos bem'

EXCLUSIVO-Dados de queimadas na Amazônia precisam ser corrigidos; provavelmente foi pior mês de agosto em 10 anos

Recuperação Judicial é uma solução ou apenas um paliativo?

Brazilian Dream ? Crédito no Brasil

Atenção a promessas milagrosas e rentabilidades fantasiosas, dinheiro não bate à porta!

Ganhar dinheiro fácil

Ter sucesso e dinheiro, ou ter tempo e muita paz?


Artigos mais lidos

AMACIANTE DE CARNE QUE NÃO FAZ MAL PARA A SAÚDE

Como deixar um homem apaixonado usando o poder feminino

Monumentos e obras pelo mundo

SCI - Sistema de Consumo Inteligente - Ganhe Dinheiro Consumindo Alimentos Básicos

EDUCAÇÃO E DIREITO DE TODOS.

Pneu velho pode se tornar um puff incrível.

Espécies de cactos ornamentais e seus nomes

A era Vargas: Política, Economia e Sociedade

Expansão Européia e Conquista da América Conquista da America

Restauração dos Jogos Olímpicos na modernidade

Deixe seu comentário

PUBLICIDADE

© 2020. Leitura Social. Todos os direitos reservados.